Breaking News

Imigrante ilegal com direito a voto


Introdução



Uma realidade que em breve estará fazendo parte do Brasil com a entrada de venezuelanos e de outros que usam a fuga destes para entrar no Brasil de forma infiltrada. E antes que você acuse o Blog de ser xenofóbico, pesquise no Google a realidade dos imigrantes "coitados" que estão na Europa:


São registrados como crianças ou menores de idade que entram no país buscando socorro e descobre-se que na verdade são HOMENS - ADULTOS - ATÉ 40 ANOS .E como se descobre?
Geralmente eles são presos por terem estuprado alguém!

A nova Lei de Migração, aprovada na terça-feira 18 pelo Senado Federal, vai garantir a imigrantes que chegam ao Brasil os mesmos direitos dos cidadãos brasileiros. 

Curiosamente um prefeito muçulmano ganhou as eleições para presidente .


FATOS:

1. O comunismo no Brasil está com seus dias contados.
2. Venezuelanos e outros latinos de fora da Venezuela, como Cuba, estão entrando no país. Cuba é 100% comunista. seus soldados são agentes treinados assim como são os membros da FARC .
3. A nova lei de Imigração do eterno motorista de Mariguella, o satanás de rabo chamado Aloysio Nunes (mais comunista que ele,só dois dele) permite direito de voto aos imigrantes. Não vejo problema nenhum que um migrante que tenha 10 anos vivendo no Brasil, tenha família, emprego (mesmo que seja negocio próprio) e nunca tenha sido fichado na polícia , receba cidadania e possa votar. Mas e para aqueles que ninguém sabe a procedência e ganha os direitos em menos de 1 ano? Você acha que não é possível? Agora imagina se este imigrante é um muçulmano da "pas"?


Segundo a ONG Conectas Direitos Humanos, a proposta "abandona a visão de que o imigrante é uma ameaça à segurança nacional e passa a tratar o tema sob a perspectiva dos direitos humanos.


A Suécia que o diga heim ? Já estão recrutando mulheres que queiram ser voluntárias em estupro coletivo em acampamento de imigrantes! As feministas aderiram! 


Reportagens em Inglês. Não deixem de traduzir para entenderem o que estou dizendo
Suecas provam sua tolerância com refugiados fazendo sexo com eles
Suécia busca pro voluntárias a estupro para que refugiados sintam-se bem-vindos
Mulher que deu lugar para refugiado em sua casa foi estuprada
Suécia: país feminista onde mulheres vivem com medo - Português
"Escândalo de Sexo com Crianças Migrantes"
Batikhäxor: feministas suecas acusadas de exploração sexual generalizada de jovens refugiados


Repórter britânica Kate Hopkins falou sobre a invasão islâmica na Europa no American Conservative Political Action Conference (CPAC) 



"Não tornem-se como nós"
Ela denuncia que as pessoas não reconhecem mais a Inglaterra como Inglaterra e que estão perdendo suas liberdades.

https://www.infowars.com/katie-hopkins-i-love-my-country-but-a-lot-of-people-no-longer-recognize-it-anymore/




Tradução: Olívia Weiss
Fonte: New Chicago ID card created for undocumented immigrants will be accepted for voter registration

O novo cartão de identidade de Chicago criado para imigrantes indocumentados será aceito para registro de eleitores



Parece besteira mas não acredito em coincidência.




Uma nova identificação municipal projetada principalmente para imigrantes ilegais será aceita em Chicago como uma forma de identificação válida para se registrar para votar.

O CityKey será um cartão de identificação com foto emitido pelo governo ,disponível para todos os residentes de Chicago independentemente do status de imigração, registro criminal, status de habitação ou identidade de gênero (...) 

O porta-voz do Conselho de Eleições do Estado, Matt Dietrich, diz que o último pedido sobre os documentos a aceitar recai sobre os funcionários locais.

"Existem 109 autoridades eleitorais locais em Illinois", disse Dietrich. "Eles são os que realmente lidam com o registro, a verificação de IDs e a manutenção da documentação. Nós mantemos um banco de dados eletrônico de registros de eleitores que recebemos deles ".

Dietrich diz que não há nenhum requisito estatal para provar a cidadania ao registrar-se para votar. Ele não espera um aumento nos possíveis casos de fraude eleitoral porque o processo permanecerá o mesmo.

"Quando você vai se registrar para votar, você verifica uma caixa que ateste a sua cidadania", disse Dietrich. "Você está assinando um documento legal que diz:" Sim, eu sou um cidadão ". Mas ninguém que se inscreve para votar é obrigado a trazer, por exemplo, uma certidão de nascimento ou outra prova de cidadania. Isso é algo que você verifica na caixa, e você atesta isso. "

Dietrich acredita que a penalidade por registrar ilegalmente para votar é íngreme o suficiente para desencorajar aqueles que possam estar considerando isso.

"O principal que aconteceria seria a deportação", disse Dietrich. "Se você não é um cidadão, e você tem algum pensamento de alcançar a cidadania, se registrar para votar é quase um acionador instantâneo que quando você se candidata a cidadania, você será deportado. Essa é uma das primeiras coisas que eles conferem. "

Os funcionários de Chicago aceitarão uma longa lista de documentos dos residentes para estabelecer suas identidades. As licenças de motorista e os IDs de estado atuais serão válidos, assim como os passaportes estrangeiros expirados, as licenças de motorista estrangeiras, os diplomas do ensino médio ou do GED, e muito mais. Dietrich diz que, dada a informação que viu, parece que os comissários de Chicago estão fazendo a chamada certa.

"Eu acredito, a partir do que eu li, a ID municipal de Chicago estará à altura das qualificações sob o estatuto estatal para o que é uma identificação emitida pelo governo. Então, essa seria uma forma legal de identificação para o conselho de eleições aceitar. "

Além de uma identificação com foto, a CityKey também servirá como cartão de biblioteca e cartão de trânsito em Chicago. Os líderes da cidade também estão trabalhando com instituições culturais, equipes esportivas e empresas locais para oferecer descontos e benefícios para os titulares de cartões. Funcionários dizem que o cartão pode oferecer o maior recurso para imigrantes ilegais, os sem-teto ou aqueles recentemente libertados da prisão.



Nota: O problema não é legalizar os imigrantes latinos, do oriente médio, israelense, brasileiro mas O REAL MOTIVO POR TRÁS DESTA BONDADE.



Chicago anunciou que os cartões CityKeys, designados para estrangeiros ilegais, podem ser usados para  voto. Em  outras palavras, um ilegal estará apto a votar em Chicago, incluindo em eleições federais. Isto é ilegal. Mas a cidade está encorajando. 

No comments