Mulheres Jihadistas - Patrulha Muçulmana - Zona Sharia - Perseguição aos britânicos cristãos

October 24, 2017

Os artigos a seguir foram traduzidos do Francês e muitos são notícias de 3 anos atrás.



Em Londres, a patrulha da Sharia quer cortar as mãos dos ladrões e apedrejar mulheres adúlteras. 

Arrumar emprego ninguém quer, né?



Inglaterra - O islamista Abu Rumaysah ( seu nome real é Siddhartha Dhar) faz parte da Patrulha da Shariah e conta a quem quer ouvir que ele quer ver todas as mulheres no Reino Unido "cobertas da cabeça aos pés. "




Rumaysah e seus amigos islâmicos estão patrulhando as ruas de East London para chamar a atenção dos cidadãos que não respeitam a lei islâmica. Em uma série de vídeos, esses islâmicos podem ser vistos perseguindo as mulheres por seu vestido considerado inapropriado, tentando convencer os homens a parar de beber álcool, e assim por diante.




Vídeo abaixo ( Francês) mostra que os tribunais islâmicos que usam a Sharia são tolerantes. Não sei de onde tiraram isso.A cena abaixo mostra uma mulher em uma corte islâmica na Inglaterra
( ridículo...estão querendo montar no Brasil) pedindo o divórcio. Ela fala que sobre abuso físico e psicológico do marido e é concedido o divórcio. Pois bem: pra mim é tudo mentira, é ceninha para mostrar como estes religiosos são legais.


"No final, eu quero ver todas as mulheres neste país cobertas da cabeça aos pés", disse Rumaysah à repórter da televisão, Clarissa Ward. "Eu quero ver a mão dos ladrões cortada. Quero ver mulheres adúlteras apedrejadas. Quero ver a Sharia na Europa, e também quero ver na América. Eu acredito que nossas patrulhas são um meio para esse fim ".




Rumaysah aborda o jornalista com autoridade e, na frente da câmera, diz: "Então, se cubra. Use o hijab ".

Rumaysah está perto do religioso muçulmano Anjem Choudary. Os dois homens foram presos em setembro, acusados de incitar jovens muçulmanos britânicos a praticarem terrorismo.Mas, adivinha quem está até hoje respondendo processo e impedido de andar por algumas cidades da Inglaterra? Sim, os britânicos cristãos do Britain first.



Inglaterra: patrulhas cristãs contra a polícia Sharia





A situação está se tornando cada vez mais explosiva na Inglaterra. Desde 2013, em East London, os islâmicos tentaram controlar certos bairros e estabeleceram patrulhas de sharia ("patrulhas da Sharia") que gostariam de "cortar as mãos dos ladrões e apedrejar mulheres adúlteras ". Como em Berlim com a shariah polizei (polícia da Sharia), esses islâmicos querem impor um código de conduta baseado na lei islâmica.Desde 2014, o movimento da Grã-Bretanha respondeu organizando patrulhas cristãs (Patrulhas cristãs) para não ceder território aos islâmicos.



Síria - Mulheres jihadistas sádicas e às vezes europeias 




O Estado islâmico estabeleceu uma força policial feminina cuja missão é assegurar o respeito pela lei da Sharia e gerenciar os lugares onde as mulheres forçadas a escravidão sexual são reunidas.Esta polícia Sharia recruta suas forças na Brigada Al-Khansa. Esta brigada de mulheres jihadistas tem sede em Raqqa, uma cidade descrita como a capital do Estado islâmico na Síria.Algumas dessas mulheres vieram da Grã-Bretanha e gostam de exibir seus piores comportamentos nas mídias sociais, incluindo espancamento de suas vítimas.Essas mulheres jihadistas também mostram como eles humilham mulheres Yazidi e tratam-nas como escravas.Estas patrulhas da polícia Shari'a abusam  das mulheres pelo simples motivo de não usarem, por exemplo, sapatos que se adequassem ao gosto  desses fanáticos bárbaros.




You Might Also Like

0 comments