Negar o Holocausto: para alguns é uma honra.

June 23, 2017

Quando se fala em Holocausto logo vem a mente o nome JUDE ou JUDEU.


Ernest Lossa


Mas as pessoas se esquecem que havia uma propaganda nojenta de limpeza genética entre os alemães. Matar pessoas com deficiência mental, física , idosos. Existem aqueles que foram assumidamente contra Hitler, os prisioneiros políticos, os homossexuais, as prostitutas, os mendigos, as Testemunhas de Jeová, Católicos ( um padre famoso é Maximiliano Maria Kolbe, foto ao lado) , ciganos.

A morte em massa não foi SOMENTE DE JUDEUS.

Vocês tem todo o direito de revisar a história da Alemanha Nazista até seu suposto fim e suas raízes atuais mas você não tem o direito de concluir que nada do que se relata sobre o Nazismo foi real ou não foi isso tudo que disseram. Você está tirando das vidas inocentes o direito a justiça. então, não seja imbecil e use corretamente o seu direito de acesso a informação e a verdade. Eu sei que muita gente quer negar o holocausto por questões anti-semitas. Não conheço nenhum estudo científico que prove que o Comunismo deu certo e que as mortes supostamente provocadas por comunistas e ditadores é uma farsa da EXTREMA- DIREITA GOLPISTA mas conheço um punhado de blogs que possuem provas contundentes que o HOLOCAUSTO DOS JUDEUS NÃO FOI ISSO TUDO: teve umas mortes ali,aqui,  MAS NÃO FOI ISSO TUDO.  

Eu, Olívia, vou dizer o que penso: aceito que existam alguns judeus mal intencionados que contam histórias que nunca viveram para ganhar dinheiro, ou ganhar indenizações. Aceito a teoria que fotos foram falsificadas. 

MAS NO FUNDO EU NÃO ACREDITO QUE SEJA NECESSÁRIO MENTIR DEPOIS DE TANTA DESGRAÇA.











Porque estou tocando neste assunto?

Li hoje, em um jornal de Jerusalém, que desde domingo está sendo celebrado o Al-Quds, uma festa que apoia a Palestina, tem cunho anti-semita e suas marchas estão tomando toda a Europa.Na sequencia, havia outra reportagem sobre um abaixo assinado B'nai Brith Canada lançou na internet contra Kevin Barret que viajaria para o Canadá para dar uma palestra e este homem, PhD em Islamologia Árabe , nega o holocausto, segundo a instituição judaica.



Em seu site, Kevin diz: 


Por que B'nai B'rith tem tanto medo de mim que eles estão tentando plantar uma denúncia de "negação do holocausto" para me impedir de entrar no Canadá - e dificultar minha carreira de fala e escrita? A resposta provável é que não tem nada a ver com o Holocausto, e tudo a ver com o meu trabalho no 11 de setembro e outras operações de bandeira falsa.Um grupo extremamente rico de "Luciferianos ... dedicado à destruição de sociedades e religiões cristãs e islâmicas ... as pessoas por trás de 90% da pornografia" realmente, REALMENTE me odeia.


fonte: http://www.veteranstoday.com/author/barrett/



Encontrei um site chamado Death and Taxes que relata o momento da negação de Kevin:

"Você realmente acredita em toda a propaganda sionista sobre Auschwitz?" Kevin Barrett perguntou uma vez em uma postagem de blog, de acordo com Gawker. 
"Em todo lugar onde você vai, é negado que o Holocausto é apenas um episódio histórico infeliz entre outros, e que os dados podem ser interpretados e reinterpretados de várias formas".

"Os hereges, quando duvidam dos relatos históricos amplamente aceitos do Holocausto, são enviados para a prisão ou têm suas carreiras destruídas, simplesmente por escrever ou falar sobre suas interpretações de dados históricos".
Quanto ao 11 de setembro? Barrett dizia isso:
Os sionistas judeus, que vão desde os neoconservadores de linha dura até os "sionistas liberais" como Noam Chomsky, Norman Solomon, Amy Goodman, a gerência da The Nation (e a maior parte do resto da fundação / meios de comunicação alternativos alternativos financiados pela Soros) Liderou o encobrimento do 11 de setembro.




Mais uma vez digo: negar que o Holocausto aconteceu é tirar de inocentes o direito a justiça.
Muitos utilizam as guerras atuais de israel para justificar que todos os judeus morram, ou como afirmou o próprio Embaixador da Palestina no Brasil :

"Este Israel deve desaparecer e não é o presidente do Irã quem está falando."  


Israel está há anos em guerra e dizer que Israel nunca cometeu um crime de guerra ou um exagero seria hipocrisia da minha parte, principalmente porque não posso provar que não cometeram. Até o Serviço de Inteligência de Israel - MOSSAD - é tão temido quanto a KGB na Rússia. 

Porém, uma coisa interessante é que somente quem apoia a PALESTINA , somente a ONU e a UNICEF, acusam israel de crimes de guerra contra crianças e mulheres grávidas. Não vejo ninguém dizendo: Israel matou um pai de família cristão. Sempre são crianças e mulheres gravidas.


E digo mais , a ONU não tem moral alguma de acusar Israel de "matar crianças " quando membros da ONU estão respondendo processo por abuso sexual de refugiados e até agora não sabe-se a sentença!

'Sexo oral por biscoitos': As denúncias de abuso sexual contra soldados e funcionários da ONU




Se Israel, de forma irresponsável, mata civis inocentes, fingindo matar o ISIS ou mata civis  por pura irresponsabilidade e falta de treinamento, se Israel nega água e comida aos Palestinos ou tortura crianças, então que TUDO VENHA À TONA PARA QUE A JUSTIÇA NÃO SEJA NEGADA.

Mas que venha através de uma fonte confiável pois de tanta foto Fake de "crianças mortas" por Israel na faixa de Gaza, que Palestina se chama agora PALLYWOOD ( Palestina + Holywood) 






You Might Also Like

0 comments