Não vá à Inglaterra







Nas últimas semanas, tenho visto pelas redes sociais  alguns britânicos, políticos ou jornalistas, sendo perseguidos e ou presos pela polícia. A causa: falam contra o governo omisso e contra a violência perpetrada pelos muçulmanos.  Quem denuncia  estupros ou entra em uma marcha contra imigrantes já é chamado de "Militante Anti-islão" 




Neste momento crítico onde os leais patriotas da Inglaterra estão sendo perseguidos, presos e até assediados pela polícia, favorecendo assim VAGABUNDO, peço aos brasileiros que repensem sua ida ao Reino Unido. 

Segue abaixo as traduções das reportagens


1. Polícia de Kent persegue o caso de "ódio religioso" contra Paul Golding e Jayda Fransen da Grã-Bretanha

Fonte: Kent Police pursues religious hatred case against Britain First's Paul Golding and Jayda Fransen




O líder da Britain First e sua deputada foram multados após a sua prisão por supostamente incitar o ódio religioso em Kent.

Paul Golding e Jayda Fransen foram detidos no dia 10 de maio, após uma campanha em Canterbury e Ramsgate. Eles estavam ligados ao que era então o julgamento em andamento de quatro homens suspeitos (eles estavam envolvidos com uma manifestação em favor da prisão dos envolvidos) de realizar estupro coletivo em um apartamento acima de um restaurante takeaway em Ramsgate. ( Havia um primeiro andar )

Durante este tempo, ele gravaram vídeos em inúmeros endereços na cidade.

Todos os quatro foram declarados culpados em 26 de maio e presos sob custódia antes da sentença.

Depois de ser preso, Golding e Fransen foram libertados sob fiança até hoje (3 de junho) com condições que impediram que falassem publicamente sobre o julgamento ou visitassem uma série de propriedades em Kent. Fransen apelidou a condição de "ridiculamente restritiva".

Mas na quinta-feira, o casal saudou uma "vitória" depois que as condições foram relaxadas após uma audiência na Corte de Maidstone Magistrates.

Falando à câmera em um vídeo filmado pouco depois, Fransen disse:

A polícia de Kent estava no tribunal argumentando que não devíamos poder contar o que aconteceu. Agora eu posso dizer o que eu gosto. A polícia já submeteu a documentação à CPS para perseguir as acusações contra mim, Paul Golding e Steven Lewis (um ativista do Britain First) e estão pressionando a alegada ofensa de incitar o ódio religioso.





As novas condições de fiança do casal estipulam que não devem entrar ou ir ao Hovenden Close em Canterbury ou 555 Pizza e Kebab, Northwood Road, Ramsgate. Eles também são proibidos de Gwyn Road e Highbury Gardens em Ramsgate.

Declaração policial

Um homem de 35 anos e uma mulher de 31 anos, ambos de Londres, que foram presos por suspeita de incitar o ódio religioso, tiveram a liberdade prorrogada até 6 Julho de 2017.
As prisões estão relacionadas a folhetos e vídeos publicados on-line que se relacionam com um julgamento recentemente concluído no Canterbury Crown Court.


Leia a reportagem de Robert Spencer do site Jihad Watch (inglês) 


Eles publicaram um vídeo viral direto da cidade Luton, mostrando o tratamento recebido pelos muçulmanos e a policia os prendeu por isso. A denúncia deles, PARA A POLÍCIA PERFEITA DA CIDADE PERFEITA, ONDE POUCOS CRIMES ACONTECEM se chama "ISLAMOPHOBIA".

Mais uma vez eu digo a vocês: NÃO VÃO A LONDRES.


Vídeo polêmico 



O Caso Tommy Robinson

Jornalista britânico que ajuda o programa Alex Jones - InfoWars , juntamente com Paul Joseph Watson, já foi preso e banido. Sua prisão ocorreu em 2016 e houve até  petição, como está ocorrendo neste exato momento com a dupla do Britain First.

Ele tentou entrevistar um dos vagabundos que estuprou a garota de 16 anos, foi alertado pela polícia a não tentar uma entrevista mas não teve jeito e passou a noite na cadeia.


Sabe o que ocorreu em Maio?

Tradução da reportagem 





Como você provavelmente sabe, no início deste mês, a polícia veio à minha casa às 4 da manhã e me prendeu, basicamente por denunciar as notícias.

Agora posso falar mais livremente sobre o que aconteceu.

Mais importante, posso falar sobre os homens cujo processo judicial eu relatei.

Eles já foram condenados por estuprar uma jovem adolescente que entrou na loja para pedir instruções.

Você ficará furioso quando lhe digo o tratamento especial que esses homens receberam e quantos estupradores de bandos muçulmanos acusados ​​estão agora sob fiança, alguns deles trabalhando em locais onde eles estarão em contato com jovens novamente.

A propósito:

Quero agradecer a todos vocês novamente por doar ao meu fundo de defesa legal.

Eu compartilharei com você o quanto esses advogados têm custado até agora e observo que meu caso ainda não terminou.



Vídeo que mostra o assédio da policia à família de Tommy e que assusta seus filhos



Depois de anos de perseguição nas mãos das várias forças policiais do Reino Unido, particularmente minha recente prisão de 4 horas da manhã na frente dos meus filhos, eu decidi que já basta.

Muitas pessoas viram o vídeo onde a polícia de Cambridgeshire obrigou a mim e a meus filhos a deixar Cambridge no meio de um almoço no pub, tudo porque grupos violentos de esquerda estavam perto.

Em vez de removê-los, eles decidiram forçar-me e a minha família para fora da cidade, deixando minhas três crianças pequenas em lágrimas.

Agora, com a ajuda do The Rebel e da equipe que me tirou da custódia em Canterbury, decidi tomar a briga :  então, agora, estou processando a Polícia de Cambridgeshire.


Perceberam a perseguição a quem fala a verdade sobre esses VAGABUNDOS DA PAZ? 

Eu não sei você, mas eu NÃO PERMITIREI ESTA MERDA NO BRASIL.

No comments