LIVROS, LIVROS E LIVROS




Nem só de política e tradução de textos  vivem os blogueiros, mas de diversão literária!

Hoje,dou dicas de livros que considero bons, dando uma ênfase especial a ficção científica mais leve e outros romances de peso.




1. Os girassóis  de Sheramy Bundrick 🌻 - Um romance sobre Vincent Van Gogh


Para quem não conhece a história de Van Gogh,ele era um pintor que vivia na #sofrência,   incompreendido pela sua arte, que não vendia nem a pau,tinha decepções amorosas insuperáveis e infelizmente, sofria de depressão e esquizofrenia. Ele é o famoso pintor da orelha decepada. 

O livro remonta sua vinda em Arles,na Holanda,onde viveu seus anos atribulados e onde conhece Rachel , a prostituta com quem mantém um caso além de cliente. A história real conta que Vincent Van Gogh cortou a orelha mediante a raiva que sentira após uma briga que teve com Paul Gaugin, outro pintor com quem dividia a casa. Ele cortou o lóbulo de sua orelha direita e entregou a uma moça no prostíbulo, que ao abrir o "romântico" presente, desmaiou.Esta moça, segundo dizem, se chamava Rachel. A entrega do lóbulo a ela foi motivo de muitas especulações: porque ela? Que vínculo eles tinham? O livro conta não só o romance mas te leva a viver os dias na Holanda de 1888, os bastidores de suas pinturas e a vida de Rachel.


2.  Julieta de Anne Fortier 💗

Livro de estréia da autora, conta uma versão desconhecida da tragédia Romeu e Julieta.

Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. 

Isso mesmo que você leu: não existem Montechios e Capulletos mas Julieta Tolomei, Romeu Marescotti e um tal de Salimbeni . Nesta trama, a morte de Julieta e Romeu cria uma maldição dentro da própria família. Mas você se pergunta: Que família, se eles morreram?

Julieta tinha uma irmã gêmea chamada Gianozza e ela casa-se contra sua vontade com um homem velho e dá continuidade a linhagem que sua irmã nunca pôde. A história é marcada pela viagem histórica que conta porque Julieta foi forçada a casar com outro homem ( Salimbeni) e porque teve que morrer. Não posso dar spoiler mas a trama é cheia de fatos irônicos do inicio ao fim e Julie Jacobs precisa correr contra o tempo e quebrar a maldição que nasceu com a morte de sua antepassada Giulietta Tolomei.












3. Simplesmente Ana de Marina de Carvalho 👸

Livro 100% made in Brazil, conta a história de Ana , uma mineira estudante de direito que descobre que é filha de um Rei de um país chamado Krósvia. A história é divertida e muito gostosa de ler. Tudo começa porque sua mãe, uma excelente Chef de cozinha e dona de Buffet, apareceu na Ana Maria Braga e seu pai, que estava de passagem pelo Brasil, a viu na televisão. Com a ajuda de um tradutor, conseguiu encontrar sua filha pelo Facebook e foi assim que tudo começou. Aliás, ele nem sabia que tinha filha. Que coisa não? Ana passa pela decisão difícil da descoberta de coisas que sua mãe havia guardado, pela necessidade de deixar o país e enfrentar a desconfiança na Krósvia.




O livro possui mais 2 continuações: De Repente, Ana e Elena, a filha da Princesa. Seus traços leves e humildes acompanham uma leitura bastante brasileira e trechos de músicas de Bon Jovi, cantor favorito de Ana.


4. A Seleção de Kiera Cass 😍

Inspirada na história bíblica do livro de Ester, A Seleção mostra um mundo diferente, construído ( ou desconstruído) por guerras. Os Estados Unidos não existe mais, muito menos a república. Uma nova nação nasce, Illéa , uma ditadura e seus habitantes vivem em castas numeradas de 1 a 8. 

América Singer se inscreve, a pedido da mãe,em um concurso que poderia ajudar financeiramente a família, já que passar fome e necessidade era algo constante. Vivendo sob a ditadura da família Schreave, as meninas solteiras poderiam ( mas não eram obrigadas) se inscrever em um concurso que definiria a próxima rainha da nação. Ainda que não fossem escolhidas, as 34 selecionadas teriam dinheiro para tirar a família da pobreza. América, para sua surpresa, fora escolhida entre as 34 e ela teria que abandonar de vez a Aspen, o seu namorado secreto que iria pedi-la em casamento. IA, porque o príncipe Maxon seria responsável por ela.

A história conta o processo histórico da formação de Illéa e que república e democracia eram nomes PROIBIDOS, mostra a realidade dura que os de castas inferiores sofrem, como deficientes, além das guerrilhas e invasões ao palácio,promovidos pelos rebeldes.

O livro possui continuação e contos entrecortados às histórias, são eles:

O Guarda
O Príncipe 
A Rainha
Felizes para Sempre

Campeão de vendas no Brasil, ganhou seguidoras e fã-clubes, além de fanfics. A modelo, até então desconhecida, Audrey Hollister, estampou a capa dos 3 livros e ganhou fama mundial. A autora, assumidamente cristã, ganhou prestígio pelos livros da sequencia A Seleção, mais do que qualquer outro livro que tenha escrito. Em 2016 foi lançado o último livro, a Coroa, que se passa 20 anos após a Seleção ( A Seleção- Elite - A  Escolha - A Herdeira- A Coroa).

Audrey Hollister ou América Singer 




5. Perdida de Carina Rissi 😎

Outro livro made in Brazil, conta a história de uma viajante do tempo que se chama Sofia Alonzo
( qualquer semelhança com Alonz-y do Doctor Who é pura coincidência .... ou não )



Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo e lindo Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... 

O livro é engraçado, histórico e possui mais 3 continuações. Também é dramático, pois ela se apaixona e por algum  motivo ela volta no tempo,para os dias atuais e grande é a desgraça!


6.  Holocausto Nunca mais e Em Busca do Sentido da Vida  de Augusto Cury 


Júlio Verne 

Profissão: Professor de História
Nacionalidade: Inglês
Observação: Judeu e Viajante do Tempo


O livro é fascinante. O primeiro conta as consequências das viagens de Júlio Verne e o segundo conta suas viagens propriamente dita, ao campo de concentração. 

A narrativa histórico- psiquiátrico nos prende em momentos de tensão onde Nazistas perseguem o professor e suas viagens, por vezes, descontroladas, em uma busca desesperada  por matar Hitler e impedir que o Holocausto aconteça. Se você leu A menina que roubava livros de Markus Zusak, você vai amar este.



7. Eu Sou o Mensageiro  de Markus Zusak

Autor do célebre A menina que roubava livros, Eu sou o mensageiro deixa uma mensagem profunda de valores.


Conheça Ed Kennedy: taxista, patético jogador de cartas, um desastre no amor. Mora numa casinha alugada com seu cachorro viciado em café e está apaixonado pela melhor amiga. Seu dia a dia é uma rotina de incompetência, até que, sem querer, impede o assalto a um banco. Então recebe a primeira carta: um Ás. É quando Ed se torna o mensageiro... Escolhido para socorrer, ele segue seu caminho na cidade ajudando – e machucando (quando necessário) – até que resta apenas uma questão: Quem está por trás de sua missão? Eu sou o mensageiro é uma jornada enigmática repleta de humor, socos e amor.

 As cartas de baralho que Ed recebe indica um bairro e uma família a quem ele deve ajudar: vítima de estupro, pessoas solitárias,deprovidas, sem fé....

Histórias emocionantes mas também engraçadas, como a de Porteiro, o cachorro que fede tanto que nem desodorante dá jeito. Ed não vê tanto propósito em sua vida até que a desgraça alheia lhe dá uma bela lição!





No comments