Cuidado com aqueles que são ditos "conservadores e de direita"


Para a política, muitos de nós somos cegos. Se alguém diz "Direita" ou "Conservador" ou "Cristão" , ninguém, absolutamente ninguém, antes de aceitar o que tal pessoa diz, vai pesquisar seu histórico, sondar suas intenções nem procurar contradições.  

Na Inglaterra, a Primeira Ministra Theresa May,  do parlamento conservador, tem mostrado contradições. 

Vejamos o que os jornais ao redor do mundo têm mostrado:

Imigração. May assumiu como uma de suas principais tarefas reduzir a imigração. Nunca definiu uma meta numérica, como fez David Cameron (100.000 por ano). Mas tentou cumpri-la – com estrondoso fracasso –. De fato, a ex-titular do Interior se destacou por sua dura política migratória. Reformou a lei para impedir os cidadãos britânicos de levarem seus cônjuges e filhos estrangeiros ao Reino Unido se sua renda for inferior a 20.000 euros anuais. Além disso, promoveu uma campanha polêmica – com o slogan “Go home” [Volte para casa], estampado, por exemplo, em centenas de vans por todo o país – em que oferecia pagar os custos de viagem dos imigrantes que quisessem retornar a seus lugares de origem.

Igualdade. Votou a favor da legalização do casamento igualitário – “se duas pessoas se amam deveriam poder se casar”, disse –. Entretanto, anos antes tinha votado contra a revogação de uma lei que impedia tratar de temas de homossexualidade nas escolas. 

Considerações:

1. Imigração

Trabalha politicamente correta contra imigrantes. Supostamente é contra imigração mas não toma uma atitude à altura da situação. Tentou impor altas taxas as empresas que contratarem imigrantes. Pela lógica, provavelmente as empresas não dariam emprego e os imigrantes iriam  embora. Até parece .



Se ela é tão contra, porque nunca culpou os muçulmanos pelos crimes cometidos contra aquelas crianças explodidas em Manchester? Porque, após o ataque na ponte de Londres, último sábado, ela disse que aquilo foi um ataque maquiavélico que desonra a verdade e os islão? Isso mesmo que você leu, ela não culpou o Islão, Corão... foi um ataque de alguém cheio de ódio.





Como os próprios jornais já dizem, ela fracassou. Mas ela não pára por aí.

Ela defende o prefeito ASSUMIDAMENTE MUÇULMANO Sadiq Khan , que não deu a mínima atenção aos ataques, comentando apenas que terrorismo é comum nas grandes cidades. Trump o refutou em seu Twitter, sobre o ataque na Ponte de Londres e Sadiq Khan revidou dizendo que não ha nada com o que se preocupar.





Pra mim, ela finge  mostrar serviço, que nem alguns candidatos o fazem, para confundir a opinião pública. Ela está a serviço da agenda global.

outras contradições:


A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse hoje que a proibição temporária de entrada nos Estados Unidos de imigrantes e refugiados de sete países muçulmanos é "fraturante e errada", cinco dias depois de ter recusado criticar o decreto.
Mas se ela já não quer na terra dela, como acha ruim que os outros também não queiram?

http://www.dn.pt/mundo/interior/theresamay-diz-que-decreto-anti-imigracao-de-trump-e-fraturante-e-errado-5641842.html

Como Theresa May, mesmo errada, não abre mão do pau:


Segundo a ONU, o Brasil não recebeu nenhum refugiado em programas de reassentamento desde 2015, sob a justificativa que estava revendo sua capacidade. Nesse período, o governo concedeu vistos para sírios. 

Contradições dentro da esquerdagem é tão comum que nem mudando de partido conseguem esconder a safadeza. [ assistam ao vídeo do LiloVlog e sua Indicação ao vídeo do Olavo para entender como funciona a contradição]


2. Casamento Homo afetivo

Coloque algo na sua cabeça: Nenhum político é contra o casamento gay por preconceito.TODOS da política conhecem a verdadeira agenda por trás da Militância falsa do LGBT .





Se esta agenda não é boa nem para os próprios gays, gera ódio e é excludente aos mesmos, porque alguém que se diz conservador apoia? Da mesma forma àqueles que apoiam o aborto, como um direito legal até para as meninas de 14 anos [ não cito aborto em caso de estupro] mas não divulga abertamente , laudos médicos que expõem os erros cometidos durante o aborto, como extração errônea do intestino ao invés do feto, depressão e distúrbios psicológicos que perseguem as mulheres. 


Antes de achar que qualquer político é bom ou excelente só porque ele faz gracinhas na mídia não significa NADA. Provai do fruto desta árvore para saber se realmente é bom.


Dicas de leitura:







No comments