A visita de Donald Trump a Israel





Trump ainda nem chegou em Israel mas já aconteceu de tudo: De vazamento de informação à pedido de Impeachment dele. A mídia israelense, de 15 de maio até hoje só fala mal de Trump e mostra que a nação está desanimada quanto ao que ele possa vir a oferecer.

Para entender toda esta situação, você precisa ter em mente que a famosa Fake News está atacando o Presidente Trump com denúncias graves. São elas:

1. Donald Trump está ilegitimamente no poder, pois a Rússia o ajudou com estratégias que enfraqueceria a campanha de  Hillary Clinton.

2. Teria divulgado informações altamente secretas ao Ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, ameaçando potencialmente uma fonte de inteligência sobre o grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico). 

3. A demissão do diretor do FBI, James Comey. A imprensa diz que o presidente pediu que ele interrompesse a investigação da suposta interferência russa na eleição de 2016. Em uma nota, a Casa Branca diz que Comey foi afastado do cargo pela forma como lidou com o inquérito conduzido sobre e-mails de Hillary Clinton, enviados por uma conta particular durante sua gestão como secretária de Estado americana. Comey CONFIRMOU que NÃO HOUVE interferência em seus trabalhos  o que implica dizer que a questão russa deveria ter sido descartada, visto que não existem provas consistentes. Porém, para os Democratas Marxistas, FATOS NÃO IMPORTAM! Impeachment no Trump e pronto.

4. Trump afirmou em 2016 que seu governo reconheceria Israel e moveria a Embaixada para Jerusalém. Fontes anônimas dizem que ele mudou de ideia, o vice- presidente Mike Pence diz que ele está pensando seriamente em MUDAR a Embaixada para Jerusalém e Trump APENAS DISSE que a decisão seria difícil, devido aos conflitos com países que são contra a mudança. Entretanto, a mídia só fala da suposta fonte anônima citada e antes mesmo que Trump chegasse a Jerusalém, os jornais só falam de um futuro incerto.


Muitas são as manifestações contra o governo Trump, mas não é que ele seja um ditador, muito pelo contrário.Seu governo diminuiu a taxa de desemprego como nunca aconteceu nos últimos 28 anos. Estas manifestações violentas esquerdistas e a mídia Fake News, que vem abalando as relações com israel , estão intimamente ligadas. Existe uma Revolução Cultural Comunista ( Antônio Gramcsi e Karl Marx)fortemente enraizada na sociedade americana, que impede de todas as formas que um partido não comunista como o dele, prospere. (Para entender melhor, assista o Congresso Brasil Paralelo Episódio 3) 

Leia:

Para piorar, dia 20 de maio, Trump viajou para Arábia Saudita e assinou contrato de 110 bilhões de dólares para venda de armas a esta nação e os jornais israelense já soltam notas de pesar.Na minha opinião, acredito que Trump não esteja traindo sua palavra com Israel, nem financiando o Estado Islâmico, associando-se à Arabia Saudita. 



Ele é um estrategista e seu Slogan é: "America First" e "Make America Great Again". Para que sua nação cresça, não deve  negociar com nações pobres, mas com nações grandiosas, que possam oferecer algo que faça seu país progredir. Não é preconceito nem hegemonia , são business e de business,Trump entende. 


Diante dos rumores de Impeachment, grupos comunistas financiados por George Soros, como Black Lives Matter e BAMN (The Coalition to Defend Affirmative Action, Integration & Immigrant Rights, and Fight for Equality By Any Means Necessary) estão promovendo anarquia pelas cidades, com danos patrimoniais e mortes. O jornalista e Youtuber  Paul Joseph Watson lançou em seu canal um vídeo que anuncia manifestação nacional pelo impeachment de Trump em 02 de Julho.

Oremos pela vida de Trump e pela nação americana. Que a misericórdia do Senhor esteja sobre as vidas inocentes e sobre a vida dele.

No comments